A tecnologia tem, nos tempos que correm, um papel muito relevante no seio da pedagogia, daí a selecção deste título para classificar o meu blog.

.posts recentes

. Reflexão crítica acerca d...

. Potencialidades e Fragili...

. Portefólio Digital: um pe...

. ESPAÇO LUDO-ESCRITA

. As webquets: um instrumen...

. A resistência do Professo...

. O recurso dos professores...

. A caça ao tesouro: uma de...

. A renovação do ensino pas...

. MOODLE: uma comunicação e...

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

Quinta-feira, 8 de Junho de 2006

As Webquests estão a concorrer com os livros didácticos

Parece uma realidade virtual, mas o que é certo é que os estudiosos referem que a possibilidade das webquests poderem vir a substituir os livros não pode ser descartada, pelo contrário tem toda a legitimidade de ser materializada, desde que haja uma mobilização de vontades e recursos.

        O motivo que está na origem desta afirmação é o facto dos manuais serem desprovidos de pouca autenticidade. Em contrapartida, esta característica está bem presente nas Webquests, pois elas facilitam o acesso a contextos informativos que, à priori, se forem seleccionados devidamente, podem ser mais autênticos e mais apelativos que os manuais, na medida em que permitem um contacto virtual similar ao contacto real, não desvirtuando a informação.

        As Webquests podem ser, deste modo, atractivas, pouco formais, envolvendo o aluno de tal forma na sua investigação, permitindo, assim, sua condução sem resistência e um incremento da aprendizagem de forma mais fortuita. Além disso, a banalização destes recursos provoca uma espécie de rotina, pois o aluno pode ser linearmente conduzido a explorar o manual e, desta forma, as informações podem não despertar curiosidade nem a motivação, pelo facto de congregarem tarefas rotineiras e pouco aliciantes.

 

 

sinto-me: virtualizada

publicado por supersusana às 16:13

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Prof. Maria João Gomes a 3 de Agosto de 2006 às 20:43
Susana, é pena não identificares a fonte da citação que fazes. É mais correcto e mais útil porquenos nos permite ir consultar a fonte.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

18
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds