1 comentário:
De superlinda a 22 de Abril de 2006 às 00:13
Olá, Supersusana!
Tive pena de não poder ir convosco e partilhar da vossa experiência. Apesar do contributo que as novas tecnologias proporcionam, no sentido de aproximar os povos dos vários cantos do mundo, às vezes o mesmo sistema também nos "prega partidas", e ficamos desolados.
O que interessa nestas experiências é que a aprendizagem feita contribua para alargar os nossos horizontes, em todas as vertentes.
Estou plenamente de acordo contigo quanto à obrigação que a Escola tem de potenciar e desenvolver as competências ao nível das novas tecnologias. As nossas escolas estão minimamente apetrechadas para que isso seja possível. É necessário investir numa formação séria de professores para que depois se passe à acção. Não faz sentido uma escola ter muitos computadores e metade deles estarem avariados ou só meia dúzia de professores saibam realmente tirar partido das potencialidades que as novas tecnologias proporcionam.
Temos uma cota parte dessa responsabilidade: ou potenciamos o desenvolvimento, se investirmos com persistência, ou o travamos, se o ignorarmos e nos desleixarmos.
Temos de ir à luta para construirmos uma escola com mais qualidade.
Beijinhos. Vai dando notícias.
Ermelinda


Comentar post